GAMBÁ – Grupo Ambientalista da Bahia

GAMBÁ - Grupo Ambientalista da Bahia

Estado da Bahia

Organização não governamental, sem fins lucrativos, constituída com a finalidade de promover a conservação do Meio Ambiente, o desenvolvimento sustentável e a formação da cidadania, baseada em princípios democráticos e de justiça social. Sua fundação ocorreu em 14 de abril de 1982, a partir da iniciativa de um grupo de técnicos e profissionais liberais preocupados com o avanço da degradação ambiental na Bahia. Em sua trajetória, o Gambá denuncia irregularidades ambientais, discute a legislação, assume cargos de representação de ONGs ambientalistas nos espaços de controle público, desenvolve campanhas e ações de mobilização social, elabora e executa projetos, além de realizar trabalhos de pesquisa, monitoramento e recuperação da fauna e da flora.

Contato

Telefones: (71) 3240-6822 /

Cidade: SALVADOR UF: BA

Site: http://www.gamba.org.br

E-mails: ascom@gamba.org.br
gamba@gamba.org.br

Descrição

Programas:
1) Acompanhamento das políticas públicas – com empenho sistemático no monitoramento das políticas ambientais do Brasil, do Estado da Bahia e de seus municípios, visando avaliá-las, influenciá-las e efetivá-las, sobretudo com base na aplicação da legislação ambiental;

2) Conservação de ecossistemas – com enfoques especiais para regiões de domínio da Mata Atlântica e Chapada Diamantina, visando o desenvolvimento sustentável, a recomposição ambiental, o monitoramento da fauna e o combate ao tráfico de madeira e de animais silvestres;

3) Formação da cidadania – com enfoque para a transversalidade da Educação Ambiental nas diversas ações da entidade, para a divulgação de informações e a mobilização social. a disseminação de informações:
• a articulação com outras organizações e movimentos sociais;
• o incentivo à participação da sociedade civil na definição e no controle social das políticas públicas;
• a execução de projetos demonstrativos.

Objetivos

Ser instrumento para o desenvolvimento de sociedades ecologicamente sustentáveis com democracia e justiça social. Atuar permanentemente para a conservação dos ecossistemas, a formação da cidadania e para a implantação de políticas públicas, ambientalmente sustentáveis, com a participação da sociedade. Promover a conservação do Meio Ambiente, o desenvolvimento sustentável e a formação da cidadania, baseada em princípios democráticos e de justiça social.

Público-alvo

Agricultores da zona da mata.